Por que empreender no jornalismo é uma alternativa?

Com o avanço da tecnologia e as mudanças no mercado, empreender no jornalismo tem se tornado um caminho natural para muitos profissionais. A disposição para crescer, aprender, questionar e adaptar são qualidades não apenas dos jornalistas, mas também dos empreendedores de sucesso.

Nos últimos anos, o jornalismo tem evoluído para coincidir com o cenário digital, gerando várias oportunidades para o profissional trabalhar e empreender na área. Hoje em dia, as vagas convencionais já não são tão atrativas quanto costumavam ser. Com o declínio das mídias impressas, surge uma demanda por profissionais especializados em jornalismo digital e multimídia, e, você, como empreendedor, pode, ainda, atuar em áreas mais abrangentes, como gestão, administração ou marketing.

Aprender habilidades, como fotografia, captação e edição audiovisual, escrita para a web, mídias sociais e design de sites, além das proficiências tradicionais do jornalismo, é muito valioso para quem quer empreender no jornalismo, como veremos a seguir!

O mercado freelancer para empreender no jornalismo

Um curso de jornalismo oferece uma gama de habilidades profissionais, incluindo pesquisa, investigação, entrevista e redação, além de habilidades técnicas, como vídeo, edição, áudio, gerenciamento de conteúdo e web design. Tais conhecimentos permitem que o jornalista possa empreender em diversas áreas, não apenas nos pilares tradicionais do jornalismo.

Trabalhar em um jornal, uma emissora de televisão ou estação de rádio deixou de ser a principal opção para o jornalista recém-formado. Com a internet, você pode começar a desenvolver sua carreira no mundo virtual, encontrando trabalhos e ampliando a sua rede de contatos.

Atualmente, é muito comum a figura do jornalista freelancer, escrevendo para sites, publicações impressas ou outros meios de comunicação. O início nem sempre é fácil, mas se o seu objetivo é trabalhar com freelas, é vital que você construa um portfólio, desenvolva o seu estilo de escrita e ganhe o máximo de experiência possível.

A inovação no jornalismo

Assim como em qualquer área, os negócios de sucesso são aqueles que apostam na inovação. Embora não esteja claro o quanto essas mudanças afetarão o futuro do jornalismo, elas já estão ocorrendo. Inteligência artificial, jornalismo de dados e produção de conteúdo para o mercado mobile são exemplos dessa inovação.

Há mais informações disponíveis do que nunca, e a chave para uma carreira bem-sucedida é transformar informações em histórias interessantes e relevantes para seu público (ou, no caso, suas personas, perfil semificcional de seu público ideal). Para isso, os jornalistas utilizam de grandes quantidades de informações provenientes de muitas fontes, idiomas e formatos.

Empreender no jornalismo é buscar algo mais ousado do que já foi feito antes, adotando dados mais ricos e métodos inovadores de fazer seu trabalho. O principal desafio, no entanto, é procurar formas de financiar projetos de startups, que não podem mais se sustentar apenas com as fontes tradicionais, como publicidade e anúncios.

A importância da capacitação profissional para empreender no jornalismo

Estudar jornalismo abre as portas para uma série de carreiras nas quais criatividade, redação, comunicação e habilidades de pesquisa são inestimáveis. Além dos conhecimentos adquiridos durante o ensino superior, é muito importante que o jornalista amplie suas habilidades para outras áreas, aumentando as chances de sucesso ao empreender.

É fundamental que você tenha competência para tratar tarefas com flexibilidade, criatividade e independência. Por isso, fazer cursos extras voltados para gestão, liderança e marketing digital é essencial para o empreendedor.

O marketing digital é hoje uma realidade que não pode mais ser ignorada, principalmente por profissionais de comunicação. A minha dica para quem não quer saber de aprender sobre isso agora é: pelo menos aprenda a mandar. Conheça as ferramentas, envolva-se, e aí contrate pessoas que possam te ajudar nessa tarefa. Você pode até não querer prestar este serviço, mas precisa conhecer o cenário, para não ser pego de surpresa por perguntas dos clientes ou leitores.

Para quem pretende contratar colaboradores, é importante ter a capacidade de comunicar informações de forma eficaz, saber ouvir e trabalhar de modo produtivo dentro de uma equipe. Mas comunicar é sempre fichinha para jornalistas, certo? 😉

Por fim, ao decidir ampliar a sua especialização profissional, considere sempre fazer um plano de carreira. Se você está disposto a seguir no jornalismo, a conclusão de um curso pode melhorar suas habilidades e aumentar seu leque de oportunidades na hora de empreender.

E então, você ficou interessado em empreender no jornalismo? Quer ajuda para entrar na era digital? A How Digital oferece diversos cursos que podem ajudá-lo a gerir a sua própria carreira. Confira mais informações em nosso site e até a próxima!