Por que o offline perdeu espaço para o mercado de marketing digital?

Em um post anterior, falamos um pouco sobre a importância do mercado de marketing digital, lembra? Hábitos mudaram, seus clientes mudaram e, para conquistá-los, é preciso investir em novas formas de impacto e interação. Mas achei importante também mostrar o que acontece com o outro lado. Isto é: por que o offline fica cada vez mais para trás? Dá pra jogar toda a mídia tradicional para o alto e seguir sendo puramente digital? Eu acredito sempre num planejamento 360, ou seja, que englobe todas as estratégias possíveis para atrair seu público. Porém, é cada vez mais comum que as empresas abandonem o offline. E não é difícil saber o porquê. Já parou para pensar? Te convido a fazer isso com a gente.

O alcance do mercado de marketing digital é amplo

Amplitude é uma característica marcante do universo online. Com as ferramentas de marketing digital, o escopo de campanhas pode ir muito além do offline. Ao criar um blog corporativo, por exemplo, visitantes de diversos lugares no mundo podem se conectar à sua marca.

Claro que existem grandes campanhas offline, comprando grandes espaços de mídia em todo o território nacional. Isso nos leva à próxima característica do mercado de marketing digital:

O custo proposto pelo mercado de marketing digital é mais atraente

Eu gosto sempre de lembrar, especialmente para aqueles mais apegados ao marketing offline, do retorno de investimento do marketing digital. Os custos para veicular um comercial de televisão ou para uma página dupla de jornal são, geralmente, muito altos. Com uma fração do investimento, é possível criar uma campanha de links patrocinados que pode ser tão ou mais efetiva!

Assim, para empreendedores que ainda estão desbravando as opções em marketing ou empresas pequenas, o mercado de marketing digital é atrativo. No entanto, o custo também torna-se atraente para empresas maiores e mais tradicionais.

Em muitos mercados, empresas que conseguiram antecipar as tendências e investir em marketing digital tornaram-se pioneiras. Hoje, a presença em redes sociais e sites não é inacessível e nem representa um grande custo. E, mesmo assim, são estratégias que podem ser potencializadas.

As competências exigidas pelo mercado beneficiam o digital

Isso é um fato inegável. Novas ferramentas exigem novas habilidades que tomam a frente na prioridade. Com ações offline, geralmente existia um foco maior na negociação de mídia e no desenvolvimento da campanha. O marketing digital, porém, passa para um outro viés.

No mercado de marketing digital, as ações realizadas tornam-se muito mais ágeis e pontuais. Dessa forma, nós estamos em um cenário que exige profissionais igualmente ágeis, que tenham uma visão estratégica diferenciada, sabendo trabalhar com amplo volume de dados com qualidade e grande velocidade.

As ferramentas de mensuração já estão integradas

Monitorar uma ação offline sempre poderia criar margem para erros. Lembro de casos de agências que, por terem apenas uma parte mínima de amostragem, não tinham dados precisos e confiáveis para suas tomadas de decisão. O mercado de marketing digital mudou isso.

As ferramentas de análise e mensuração de dados já estão ligadas aos canais utilizados. Isso dita, inclusive, como ações de marketing digital são realizadas desde sua concepção. Visualizar os visitantes de sua página ou as pessoas que leram seu e-mail marketing é algo natural. Os dados já estão integrados, basta saber utilizá-los a favor de sua estratégia!

Com certeza você já notou que as vantagens que comentei aqui são só uma amostra do todo. Existem pontos em que, provavelmente, seu serviço pode estar na frente (ou atrás) em relação ao mercado de marketing digital. Compartilhe sua experiência nos comentários!

Se precisar de mais motivos para investir em Marketing Digital, baixe nosso e-book: 100 motivos para investir em Marketing Digital.