O que aprender para impulsionar sua carreira de jornalista?

As inovações tecnológicas estão afetando significativamente a carreira de jornalista. Em um mundo cada vez mais online, no qual a informação está disponível para todos, o jornalismo tem saído do formato tradicional para exercer um papel de destaque em novos canais de comunicação.

Por outro lado, a maioria dessa informação é consumida gratuitamente, o que dificulta o financiamento de empresas jornalísticas. Com isso, o profissional do ramo tem sido cada vez mais desafiado para desenvolver uma boa carreira de jornalista.

Com essa perspectiva, o que esperar do futuro dessa profissão? Quais são as novas tendências para quem pretende continuar atuante no mercado de trabalho? Neste post, vamos compartilhar algumas tendências para você impulsionar sua carreira de jornalista. Preparado? Então, confira as dicas a seguir!

4 capacidades fundamentais para impulsionar a carreira de jornalista

#1. Conteúdo multimídia

Antigamente, o jornalista escolhia trabalhar em um único tipo de mídia, focando sua especialização na TV, no rádio ou no impresso. Agora, com a revolução da internet, o profissional precisa ser multimidiático.

Nos últimos anos, as empresas jornalísticas têm investido em conteúdo que funcione em smartphones, tablets e em um grande número de redes sociais, além da internet. No entanto, não basta apenas transpor o conteúdo do jornal para a internet. É preciso revolucionar no mundo digital, criando um conteúdo multimídia e interativo.

Atualmente, muito além do texto, as reportagens têm que vir acompanhadas de imagens, infográficos, GIFs e vídeos, o que requer um maior nível de capacitação do jornalista. Em um cenário de redações cada vez mais enxutas, o profissional especializado em diferentes plataformas tem mais chances de se manter empregado.

#2. Jornalismo de dados

Antes, a informação era bem mais escassa, e o jornalista precisava caçar e coletar furos de notícia. Nos dias atuais, a informação é abundante e o seu processamento se tornou uma das tarefas mais importantes do fazer jornalismo.

Nós vivemos em uma era digital, um mundo em que quase tudo pode ser descrito com dados. Com isso, surgem novas possibilidades para impulsionar a carreira de jornalista, combinando o modo tradicional de fazer notícias e a capacidade de criar histórias com a escala e o alcance da informação digital.

Os dados podem ser a fonte do jornalismo, a ferramenta com a qual a história é contada ou mesmo ambas! Isso abre espaço para o trabalho dos jornalistas com conhecimentos em programação e que tenham a capacidade de analisar grandes bases de dados.

#3. Apuração e combate a fake news

O terrorismo e os conteúdos extremistas têm sido um lembrete do lado negativo de termos uma internet livre. Hoje, a disseminação de notícias falsas, seja por motivos políticos ou mesmo pela busca por lucro, tem impactado negativamente a reputação de empresas de mídia, como Facebook, Twitter e YouTube.

Sem uma regulação na internet, qualquer pessoa pode produzir conteúdo falso e compartilhá-lo para milhões de outras pessoas. Dessa forma, tem surgido uma demanda por profissionais especializados em checar a veracidade dessas informações compartilhadas.

A boa e velha técnica de apuração de notícias, que se aprende no curso de jornalismo, tem se tornado algo cada vez mais requisitado nos dias atuais. Esse é o momento do jornalista recuperar seu prestígio, tanto na parte informativa, ajudando as pessoas a reconhecerem notícias confiáveis, assim como na renovação da confiança do público no jornalismo online.

#4. Marketing digital

Com a evolução do marketing digital, muitos negócios estão em busca de profissionais do jornalismo para produzir conteúdo para suas marcas, pois esses novos canais de comunicação têm se tornado ferramentas valiosas para influenciar consumidores.

A diversidade demográfica, a adoção de tecnologias interativas e os hábitos de consumo de mídia em evolução alteraram a forma como os consumidores obtêm informações e como percebem mensagens de comunicação de uma empresa.

Com isso, uma estratégia de marketing focada na criação e distribuição de conteúdo valioso, relevante e consistente para atrair e reter um público tem sido fundamental para os negócios, abrindo um novo espaço de atuação na carreira de jornalista.

É claro, não importa o caminho escolhido, sempre haverá trabalho para jornalistas. Apesar de um período turbulento, é questão de tempo para que as empresas encontrem o melhor modelo de negócio para manterem suas operações. Por enquanto, no entanto, é inegável que tanto empresas quanto jornalistas precisam de capacitação e estar atentos às novas tendências e canais de disseminação da informação.

Curtiu as dicas? Você já conhecia essas tendências para a carreira de jornalista? Ficou com alguma dúvida ou tem algo a compartilhar? Divida com a gente nos comentários e até a próxima!